Advocacia ganha medalhas dos Constitucionalistas de 32


22/05/2015

 Advocacia ganha medalhas dos Constitucionalistas de 32
Fábio Romeu Canton Filho, presidente da CAASP, e Umberto Luiz Borges D’Urso, diretor do departamento de Cultura e Eventos da OAB SP, recebem medalha em homenagem à advocacia paulista

Dois representantes da Ordem paulista, o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (CAASP), Fábio Romeu Canton Filho, e o diretor de Cultura e Eventos da OAB-SP, Umberto Luiz Borges D’Urso foram condecorados pela Câmara Municipal de São Paulo. O presidente licenciado da instituição, Marcos da Costa, receberá medalha em cerimônia especial por estar hospitalizado em decorrência de acidente sofrido recentemente.

Para homenagear a Advocacia dos paulistas, a Câmara, em solenidade no último dia 21/05, entregou para seus representantes na OAB SP a Medalha Dráusio, outorgada pela Sociedade Veteranos de 32 – MMDC. Essa sigla se refere aos jovens estudantes Martins, Miraguaia, Dráusio e Camargo, que morreram em defesa da liberdade democrática que os paulistas defendiam na Revolução de 1932.

“É uma honra receber uma condecoração que alude aos valores fundamentais do cidadão – democracia e liberdade. Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo simbolizam o destemor que todos os brasileiros devemos demonstrar nos momentos em que nossos direitos são violados, e a luta constitucionalista, cujo espírito permanece vivo, deve nortear a conduta daqueles que prezam o Estado Democrático de Direito”, afirmou Fábio Canton.

Por sua vez, o diretor Umberto D’Urso, ressaltou que a extrema importância histórica da Revolução Constitucionalista. “Sinto imenso orgulho por estar aqui hoje”, pontuou. “A Sociedade Veteranos de 32 – MMDC presta um grande serviço ao Brasil ao não permitir que esse capítulo da História se perca no tempo”.

Como relembrou o coronel PM Mário Fonseca Ventura, presidente da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC, “a Seção de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil foi criada pouco antes de eclodir a Revolução Constitucionalista de 1932, de modo que todos os advogados à época participaram do movimento”.

A Medalha Dráusio, em sua primeira edição, homenageia personalidades civis e militares cujos serviços prestados a São Paulo reafirmem os ideais defendidos pela Revolução Constitucionalista de 1932, “de democracia, liberdade e amor à legalidade”, conforme descreve o Conselho das Condecorações do Mérito da Juventude Constitucionalista.

 Advocacia ganha medalhas dos Constitucionalistas de 32 - 2
Todos os condecorados pela Câmara Municipal de São Paulo reunidos

Entre os agraciados, ao lado dos representantes da advocacia, estiveram o presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo, Paulo Adib Casseb, o comandante militar do Sudeste, general João Camilo Pires de Campos, os jornalistas Carlos Tramontina e Lourival Sant’Anna, o deputado federal Major Olímpio e outras autoridades civis e militares.