Subseções do extremo oeste do Estado de São Paulo renovam instalações e conhecimentos


17/07/2015

Subseções do extremo oeste do Estado de São Paulo renovam instalações e conhecimentos - Presidente Prudente
(Da esq. p/ dir.) João Emilio Zola Junior, conselheiro secional; Caio Augusto Silva dos Santos, secretário-geral; e Rodrigo Lemos Arteiro, presidente da Subseção, na abertura do curso prático de investigação criminal na Subseção de Presidente Prudente

O secretário-geral da OAB SP, Caio Augusto Silva dos Santos, visitou Subseções do extremo oeste paulista para o lançamento da pedra fundamental referente a construção da nova Casa da Advocacia e Cidadania da Subseção de Teodoro Sampaio (230ª) e a abertura do Curso Prático de Investigação Criminal, na Subseção de Presidente Prudente (29ª). Representando o presidente da entidade, Marcos da Costa, Caio Augusto também visitou as Subseções de Quatá e Rancharia e as Subsedes de Mirante do Paranapanema e Rosana, nos dias 16 e 17 de julho.

O presidente da Subseção de Presidente Prudente, Rodrigo Lemos Arteiro, elogiou o vasto conteúdo do curso para os advogados da região, cuja aula inaugural teve o procurador da República Rodrigo de Grandis (Ministério Público Federal) falando de aspectos da Lei de Combate à Corrupção, especialmente sobre acordos de delação ou colaboração (termo preferido pelo palestrante) premiada. A aula inaugural atraiu bom público, inclusive presidentes de outras subseções, como Roseli Oliva, de Presidente Venceslau.

Pedra fundamental

Subseções do extremo oeste do Estado de São Paulo renovam instalações e conhecimentos  - Teodoro Sampaio
Caio Augusto Silva dos Santos, João Emilio Zola e diretores da Subseção de Teodoro Sampaio visitam terreno da futura Casa da Advocacia da cidade

O lançamento da pedra fundamental para a construção da nova Casa da Advocacia e Cidadania em Teodoro Sampaio vai atender a duas demandas da advocacia local: melhorar a estrutura de atendimento aos advogados e cidadãos e levar a sede da Subseção para local mais próximo do novo Fórum, inaugurado neste mês de julho. “O novo Fórum fica a pelo menos três quilômetros de distância da nossa atual sede, então precisamos levar adiante a construção da nova Casa para que a advocacia não sinta os reflexos da mudança por muito tempo”, afirmou Carlos Alberto Bosque, presidente da Subseção. O terreno, doado pela prefeitura, tem mais de 1.000 m2 e está a menos de cem metros de distância do prédio do Fórum, sendo que o projeto de construção está em fase de levantamento de custos e pesquisa dos melhores preços de execução.

Durante as visitas, Caio Augusto Silva dos Santos ouviu as demandas da advocacia local e falou a respeito das estratégias de defesa das prerrogativas profissionais e da campanha “Corrupção, Não”, lançada pela OAB SP em junho. “O processo de descentralização da gestão, capitaneado pelo presidente Marcos da Costa, está gerando nova dinâmica para o dia a dia da classe. Os Conselhos e Coordenadorias Regionais de Prerrogativas, por exemplo, estão dando respostas mais ágeis aos casos em que o exercício profissional é prejudicado por autoridades locais. O próximo passo é a advocacia paulista se apropriar desta dinâmica e passar a procurar mais a subseção local, que terá cada vez mais ferramentas para atendê-la”, analisou o secretário-geral da OAB SP. Ele ainda agradeceu aos conselheiros secionais, João Emilio Zola e José Meirelles Filho, que o acompanharam durante as visitas.