OAB SP realiza entrega do Prêmio Benedicto Galvão no dia 25 de novembro


16/11/2015

A Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, por meio da Comissão de Igualdade Racial e do Departamento de Cultura e Eventos, promove na quarta-feira (25/11), às 19h00, a entrega da quarta edição do Prêmio Benedicto Galvão no auditório do prédio da Praça da Sé. A cerimônia contará com apresentação da Filarmônica Afro Brasileira, sob a direção artística e musical do maestro Josoé Polia.

O prêmio faz homenagem ao primeiro presidente negro da OAB SP, Benedicto Galvão, que dirigiu a Ordem entre 1940 e 1941, e é entregue a cidadãos que lutaram contra o racismo e o preconceito. Galvão nasceu pobre, no interior do Estado, e graças à sua inteligência e perseverança veio para São Paulo, formou-se na escola complementar, anexa à Escola Normal da Praça da República, e trabalhou como auxiliar de escritório e professor nos bairros da Bela Vista e Liberdade. Formou-se na Faculdade de Direito de São Paulo, em 1907.

O presidente Marcos da Costa destaca que Galvão ajudou a construir a OAB SP e que o prêmio é um reconhecimento da importância e do respeito à comunidade negra. “A cerimônia nos dá a oportunidade de promover mais um debate sobre esse grande mal que é o racismo e que, infelizmente, sobrevive em nosso país”.

Os premiados de 2015 serão: Umberto Luiz Borges D’Urso, diretor do Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP e conselheiro Secional; Deise Benedito, advogada, com Especialização em Sociologia, presidente da Fala Preta Organização de Mulheres Negras; Silvio Luiz de Almeida, advogado, diretor-presidente do Instituto Luiz Gama e consultor técnico da Federação Quilombola do Estado de São Paulo; Dagoberto José Fonseca, doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC SP) e livre docente em antropologia brasileira pela Faculdade de Ciências e Letras; Maria Aparecida Pinto, bacharel, licenciada em Psicologia, pós-graduada em Recursos Humanos, em história da África e do Negro no Brasil; Eduardo Ferreira Valério, membro do Ministério Público do Estado de São Paulo, promotor de Justiça de Direitos Humanos em São Paulo, coordenador do Núcleo de Políticas Públicas da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado de São Paulo; Aurea Celeste da Silva Abbade, advogada, administradora de empresas, contabilista e mestranda em acesso a Justiça e Função Social do Direito na Fadisp; Douglas Belchior, formado em história pela PUC SP, professor da rede pública estadual e educador no Movimento União de Núcleos de Educação Popular para Negras(os) e Classe Trabalhadora (Uneafro - Brasil); Reverendo Antonio Olimpio Santana; Eduardo Pereira da Silva, advogado; Antonio da Silva Pinto, jornalista, administrador de empresas e pós-graduado em Educação Superior e Maria Júlia Coutinho, jornalista.

Serviço
Evento: “Prêmio Benedicto Galvão”
Data: 25/11 - 19h00
Local: Praça da Sé, 385 - 1º andar