Celebrando a Justiça - Dia 8 de dezembro


08/12/2015

 A Justiça é o horizonte de todas as virtudes. É a virtude completa. Todo valor a supõe; toda a humanidade  a requer. 

Sob esse conceito de Aristóteles, saúdo todos os Operadores da Justiça, em seu Dia, sob a crença de que postular por sujeitos livres e iguais é o princípio fundamental das democracias e o eixo central dos direitos humanos.

Nunca foi tão importante avocar a balança da Justiça nesta quadra tão complexa da vida nacional, quando o debate político se acirra em função da polarização de forças políticas, com sérias consequências sobre o tecido institucional, e as demandas sociais se expandem sob a inclemência do quadro recessivo na economia.

Ao longo dos últimos anos, o país se vê assolado por um processo continuado de escândalos, casos escabrosos e denúncias, que escancaram negócios escusos realizados nas sombras do Estado por grupos organizados para solapar as bases da res publica.

Graças ao aparato de nossa Justiça, temos tido a oportunidade de passar o país a limpo, particularmente pelo desvendamento das operações levadas a cabo pelo Ministério Público e Polícia Federal, devidamente autorizados pelo Poder Judiciário, a partir de sua primeira instância.

Daí a nossa esperança de que, passado o momento agudo que atravessa o país, veremos uma sociedade harmônica, pacificada e solidária e menos conflituosa, sob o império da Ordem.

Nossa Carta Magna é uma das mais avançadas das democracias contemporâneas, com sólidos instrumentos que garantem o pleno funcionamento do Estado Democrático de Direito. Temos de fazê-la, a cada dia, o lume dos nossos caminhos, a bússola de nossos rumos, a guardiã de nossos Direitos. Essa meta só será plenamente atingida com o protagonismo da Justiça.

Esse é o reconhecimento da Secional Paulista da Ordem dos Advogados do Brasil no dia em que se celebra a Justiça.

Marcos da Costa
Presidente da OAB SP