TJ-SP suspende prazos por falha no sistema


21/03/2016

A entrada em vigor do novo Código de Processo Civil no dia 18/03 causou instabilidade no processo eletrônico nesta segunda-feira (21/03) primeiro dia de implantação no Tribunal de Justiça de São Paulo. O TJ-SP havia suspendido os prazos na sexta-feira para adequação do sistema, mas não conseguiu manter o peticionamento eletrônico no ar.

Por conta dessa falha, a OAB SP agiu logo nas primeiras horas da manhã para que os prazos fossem novamente suspensos. O pleito da advocacia paulista foi atendido, conforme comunicado divulgado pela Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal suspendo os prazos “devido a problemas de ordem técnica, o sistema de peticionamento eletrônico e a consulta processual de 1ª e 2ª Instância e Colégios Recursais apresentou indisponibilidade superior a 60 minutos no dia 21/03/2016”.

Veja a solicitação da OAB SP para que os prazos fossem suspensos

Confira aqui a íntegra do aviso de indisponibilidade de sistemas do TJ-SP

De acordo com o presidente da Comissão de Processo Eletrônico, Rodolfo Ramer, o sistema já havia apresentado problema no final de semana. “Hoje, o advogado tentou acessar com login e senha o sistema e entrava com os dados e outro advogado. Através da Comissão entramos em contato com o suporte técnico e não foi corrigido. Por isso, pedimos a suspensão do sistema”, disse.