Terceira edição da conferência regional da advocacia reúne advogados de 16 Subseções em Barueri


12/07/2016

Advogados de 16 Subseções da OAB SP se reuniram na última sexta-feira (08/07), em Barueri, para a 3ª edição da Conferência Regional da Advocacia da gestão atual – triênio 2016/2018. A iniciativa tem como objetivo aproximar os advogados e debater demandas regionais, seja de ordem administrativa ou cunho institucional. “É uma oportunidade única que a gestão tem, de promover conversas francas e abertas para fazer melhorias, tanto do aspecto corporativo, que é a defesa da classe, como no institucional, que é a outra vertente da Ordem, de defesa da cidadania”, diz Marcos da Costa, presidente da Secional paulista.

Na parte da manhã, como é praxe, os gestores das Subseções se reuniram com a diretoria para debater questões locais, apresentando problemas e conquistas. Na avaliação de advogados presentes, a troca de informações colabora em mais de uma frente: agiliza processos e cria terreno para desenvolver lideranças e aumentar a harmonia entre os gestores de Ordem. Uma das dúvidas apresentadas, sobre a criação de comissões locais, tem relação direta com a formação de líderes. “Um dos nossos desafios é convocar advogados a participarem da vida da instituição e, assim, também estimulamos a formação de novas lideranças”, afirma Fábio Canton Romeu Filho, vice-presidente da OAB SP. “Uma forma de ocorrer esse chamamento é via comissões. Por isso, é importante que as Subseções também as tenham, seja com os mesmos temas ou aqueles voltados a demandas locais”, resume.

À tarde, os presentes puderam assistir seminários sobre ética e disciplina, direitos e prerrogativas, assistência judiciária, OAB Concilia, temas ligados à mulher advogada e ao jovem advogado e também a respeito da atuação da Escola Superior de Advocacia (ESA). Antes das palestras, os discursos iniciais foram feitos por Marcos da Costa e Maicel Titto, presidente da Subseção anfitriã de Barueri. O papel do advogado no cenário da Justiça, sobretudo diante do momento de crise ética pelo qual passa o país, ganhou destaque. “A advocacia sem respeito à ética não existe. Grandes dirigentes de nosso país nasceram no meio da advocacia. É o caso de Franco Montoro, cujo nascimento completa cem anos agora. Ele foi advogado e conselheiro da Ordem em São Paulo e um político inatacável”, lembrou Marcos da Costa. “São exemplos como este que nos fazem acreditar que poderemos continuar contribuindo com São Paulo e com o país no que diz respeito à formação de lideranças”. A OAB SP homenageará o ex-governador paulista durante evento no próximo sábado (16/07).

Os desafios do início da gestão 2016/2018 também foram citados na ocasião. É o caso da entrada em vigor do novo Código de Processo Civil, desde março deste ano – e para o qual a Ordem elaborou cursos e conteúdo disponibilizado via portal da internet para ajudar o advogado –; os movimentos da diretoria para resolver a questão do atraso nos pagamentos do convênio de assistência judiciária – já superada –; e as ações de combate à corrupção, que resultaram em recente acolhimento, pelo Ministério da Transparência, de duas propostas, ambas publicadas no Diário Oficial da União no dia 21/06. As portarias 1078 e 1081 criaram os grupos de trabalho de desburocratização e regulamentação do lobby. “Esta conferência é uma prova para a nossa região de que somos um poder único com o objetivo de exercer a advocacia e a cidadania de uma forma plena”, comentou Titto. O advogado, que também participou da gestão anterior da Subseção de Barueri, disse que o diálogo mais frequente com a Secional acelerou trâmites necessários para a construção da nova sede.

O diretor da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (CAASP), Célio Luiz Bitencourt, representou a presidência do braço assistencial da OAB. Ele descreveu os trabalhos realizados pela CAASP e convidou os colegas a usufruírem dos benefícios e serviços prestados pela entidade. De acordo com Caio Augusto Silva dos Santos, secretário-geral da OAB SP e também coordenador das conferências regionais, a próxima deve acontecer em Sorocaba.

Homenagens e participantes
Os decanos homenageados na ocasião foram Protógenes Fonseca Guimarães, Iutaca Kuano, Stasys Zeglaitis Junior, Bernardino de Queiroz Cattony, Luiz Caetano, Anete Ricciardi, João Claudio Silicani, Heleno Barbosa Silva, David Mendes, Oswaldo de Oliveira, Walter Dangebel de Oliveira, Maria Helena Neves, Alberto Gonçalves Menoita, João Bosco Vieira da Silva Junior, Yolanda Vidigal Fernandes, João dos Santos Melo.

Entre os componentes da mesa, estiveram, além dos já citados no texto, os presidentes de comissões Cid Vieira de Souza Filho (Direitos e Prerrogativas); Kátia Boulos (Mulher Advogada); Aislan de Queiroga Trigo (Assistência Judiciária); Leandro Nava (Jovem Advogado); Renata de Carlis Pereira (OAB Concilia); Fernando Calza de Salles Freire (Tribual de Ética e Disciplina); Júlio César Fiorino Vicente (vice-presidente do Conselho Curador da ESA); e Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos, secretária-geral adjunta da OAB SP.