TRT-15 atende pleito da advocacia e fixa prazo para férias forenses


30/09/2016

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) acatou pedido da OAB SP, Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP), Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo (AATSP), Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (CESA) e do Sindicato das Sociedades de Advogados dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro (SINSA), ao fixar o prazo das férias forenses no fim do ano – quando serão suspensos os prazos processuais e a realização de audiências. De acordo com ofício encaminhado, em setembro, ao presidente da Secional, Marcos da Costa, o recesso ocorrerá entre 20 de dezembro de 2016 e 20 de janeiro de 2017. A nota do tribunal acrescenta, ainda, que “esse período de suspensão de prazos processuais, e da prática de certos atos processuais, não significa paralisação das atividades judiciais que podem ser voltadas para outras tarefas, igualmente importantes e que, até em função da sobrecarga das unidades trabalhistas, não são priorizadas”.