Ação coordenada pela OAB Guarujá promove dia de cadeirante para os candidatos à prefeitura da cidade


27/10/2016

Ação coordenada pela OAB Guarujá promove dia de cadeirante para os candidatos à prefeitura da cidade
Campanha, inédita no município, foi coordenada pela diretoria da Subseção de Guarujá

Numa iniciativa coordenada pela Subseção da OAB na cidade, os candidatos à prefeitura do Guarujá, Haifa Madi (PPS) e Valter Suman (PSB) – que se enfrentarão novamente no segundo turno no próximo domingo (30/10) –, experimentaram na pele os desafios que cadeirantes encontram para se locomover no centro no município litorâneo. Batizada de “Cadeirando pelas ruas de Guarujá”, a ação propôs que ambos percorressem um trajeto de 500 metros, selecionado por membros do Conselho Municipal de Direitos das Pessoas com Deficiência, incluindo o uso do transporte público, para testar as plataformas elevatórias dos ônibus.

Ação coordenada pela OAB Guarujá promove dia de cadeirante para os candidatos à prefeitura da cidade
O candidato à prefeitura de Guarujá pelo PSB, Valter Suman

A experiência não poderia ter sido mais emblemática: durante o percurso, os candidatos, que usaram cadeiras de rodas e tiveram suas pernas imobilizadas para evitar qualquer facilidade de movimento, puderam atestar na pele a importância de investir em acessibilidade e educação para que a população saiba acolher o portador de deficiência física.

Ação coordenada pela OAB Guarujá promove dia de cadeirante para os candidatos à prefeitura da cidade
Haifa Madi, candidata à prefeitura do Guarujá pelo PPS

“Depois de passarem por calçadas sem rampa e se depararem com a falta de elevadores em pontos estratégicos, os candidatos ouviram algumas reclamações de usuários do transporte público quando o motorista parou fora do ponto e por tempo suficiente para que a plataforma elevatória fosse acionada. Deu para notar que há um trabalho grande a se realizar nesta área”, complementou Paulo Roberto Fiorotto Rodrigues Júnior, presidente da Subseção do Guarujá. A ideia é que o mesmo trajeto seja refeito ao final da gestão que assumir o comando da cidade para avaliar quais melhorias saíram do papel no quesito acessibilidade. 

Ainda durante a ação, Haifa Madi e Valter Sunman, que já haviam aderido ao manifesto por Eleições Limpas, proposto pela OAB SP, ainda assinaram um novo documento onde reafirmam o compromisso de combater a compra de votos.