Tribunal de Ética e Disciplina chega a Franca


05/10/2016

A diretoria da Secional Paulista da Ordem dos Advogados do Brasil segue tornando realidade o projeto de descentralização de procedimentos e atos da entidade. No caso do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), a OAB SP acabou de criar três novas Turmas, chegando a vinte e seis, sendo que a 26ª acaba de ser instalada na Subseção de Franca. O objetivo desta ampliação é dar uma resposta célere às representações ético disciplinares contra advogados, respeitando o devido processo legal.

Tribunal de Ética e Disciplina chega a Franca
Marcos da Costa (ao microfone), presidente da OAB SP, na cerimônia de Instalação e Posse do Presidente da 26ª Turma do Tribunal de Ética e Disciplina

“O Tribunal de Ética e Disciplina valoriza a advocacia. Os advogados de comportamento reto, a maioria no Estado de São Paulo e do Brasil, são separados daqueles poucos que cometem algum desvio ético disciplinar”, disse Marcos da Costa, presidente da OAB SP, durante a solenidade de instalação da Turma, na sexta-feira (30/09).

A 26ª Turma do TED tem sob sua jurisdição as Subseções de Altinópolis, Batatais, Franca, Igarapava, Ituverava, Orlândia, Patrocínio Paulista, Pedregulho e São Joaquim da Barra. “Essa conquista vem devido ao valor dado à advocacia regional, de todas as Subseções desta região”, afirmou Marlon Cleber Rodrigues da Silva, presidente da Subseção de Franca.

Tribunal de Ética e Disciplina chega a Franca
Carlos Roberto Faleiros Diniz, presidente empossado da 26ª Turma do Tribunal de Ética e Disciplina, na Cerimônia de Instalação e Posse da referida turma, com sede na Subseção de Franca

“Há cerca de 3.800 advogados inscritos nas Subseções sob a jurisdição da 26ª Turma do TED. Nosso trabalho terá a função preventiva, não vamos apenas punir colegas que venham a cometer desvios. Nosso projeto inclui a formação de um grupo de trabalho para organizar cursos sobre ética profissional”, prometeu Carlos Roberto Faleiros Diniz, presidente empossado da 26ª Turma do TED.

“O primeiro objetivo é tornar o processo mais próximo do advogado, evitando deslocamentos desnecessários para exercer seu direito à ampla defesa. O segundo objetivo é tornar o processo mais célere, o que é bom para o advogado injustamente acusado de desvio ético profissional”, explicou o presidente do TED, Fernando Calza de Salles Freire.

A mesa diretora para esta solenidade também foi composta por Caio Augusto Silva dos Santos, secretário geral da OAB SP; Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos, secretária adjunta; Alexandre Ogusuku, secretário geral da CAASP; Ivan da Cunha Sousa, conselheiro secional; e Maria Cláudia Santana Lima de Oliveira, conselheira secional.