Subseção da OAB de Tambaú realiza encontro para discutir e apontar soluções para as dificuldades da classe


21/11/2016

Subseção da OAB de Tambaú realiza encontro para discutir e apontar soluções para as dificuldades da classe
A partir da esquerda: Jacinta de Oliveira troiani, presidente da subseção; Sandra Valeria Vadala Muller, conselheira; Fabio Romeu Canton Filho, vice-presidente da OAB SP; Luis Augusto Braga Ramos, conselheiro; Ivan Barbin, idealizador do evento; e Marcos Baldoino, relator na 1ª Reunião pelo resgate da advocacia na região mogiana

O vice-presidente da Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, Fábio Romeu Canton Filho, representou a diretoria da instituição na abertura de reunião realizada na quinta-feira (17/11), em Tambaú, no interior de São Paulo. O encontro contou com temas como o avanço dos cartórios extrajudiciais, a simplificação e a uniformização dos programas de peticionamento entre os tribunais e cortes especiais, a taxa de recurso, a falta de celeridade processual e o respeito às prerrogativas profissionais.  Os assuntos foram selecionados a partir das sugestões dos advogados da região depositadas numa urna que ficou à disposição da classe por um mês na Subseção.

O encontro foi iniciado por uma homenagem a Rubens Approbato Machado, presidente da OAB SP no triênio 1998/2000 e do Conselho Federal de 2001 a 2003, falecido em 17/11. Os profissionais fizeram um minuto de silêncio, seguido por aplausos, em respeito à memória do dirigente da classe pelos inúmeros serviços prestou à advocacia.

Após a deferência, a presidente da Subseção de Tambaú, Jacinta de Oliveira Troiani, explicou que a promoção do debate e a busca por soluções para os problemas enfrentados no dia a dia do exercício profissional foram os objetivos do encontro. “É de extrema importância a troca de experiências, mas, acima de tudo, nos mantermos unidos pela defesa do jurisdicionado e das nossas prerrogativas”, disse.

Fábio Canton ressaltou em seu discurso a relevância do evento que convoca os colegas para momentos de conscientização a respeito do papel indispensável do advogado na sociedade: “A advocacia enfrenta problemas, assim como todo o sistema que envolve a Justiça. O próprio Poder Judiciário sofre com o descrédito da população com relação aos poderes. Não podemos ceder, porém, no que diz respeito às garantias e princípios fundamentais discriminados no texto constitucional. A atual linha adotada tem flexibilizado um dos principais bens tutelados pela Constituição Federal, que é a liberdade, em nome de maior celeridade. Temos autorizada a prisão sem o trânsito em julgado da decisão condenatória, mas sabemos igualmente que casos de condenação penal que chegam ao Supremo Tribunal Federal resultam em absolvição. Portanto, injustiças estão sendo cometidas.  Nós da advocacia não cedemos à opinião pública ou às luzes da mídia que vêm e vão. Seguimos firmes, zelando pela preservação do Estado Democrático de Direito e do nosso texto constitucional”, argumentou Canton.

Compuseram a mesa diretora da abertura do encontro os conselheiros Secionais Luis Augusto Braga Ramos e Sandra Valéria Vadala Muller, além do ex-presidente da Subseção de Tambaú, Ivan Barbin, e de Marcos Alexandre Riviello Balduino.