Direitos da mulher estão na plataforma da candidata ao Senado Eliana Ferreira

Tweet


14/09/2018

Direitos da mulher estão na plataforma da candidata ao Senado Eliana Ferreira

A advogada e candidata ao Senado nas próximas eleições, Eliana Ferreira (PSTU), apresentou sua plataforma política na sede institucional da OAB SP, destacando como pontos principais a defesa dos direitos das mulheres e a ampliação de projetos de responsabilização social. “Leis como a Maria da Penha ou contra o feminicídio ainda são insuficientes para a eficácia no combate às agressões cometidas ao sexo feminino", considerou. "É preciso investir em abrigos, onde não se encontra amparo ideal; e em leis que sejam mais efetivas e punam de forma adequada quem comete tais crimes”, acentuou ainda antes de assinar o Termo de Compromisso por Eleições Limpas proposto pela Ordem paulista.

Na linha de seus projetos, a candidata destacou que a defesa das prerrogativas profissionais do advogado é fundamental para a garantia de acesso à Justiça. Criticou os problemas estruturais no sistema Judiciário: “A morosidade da Justiça afeta todo o povo brasileiro”. Contestou a recente aprovação de reformas legais, como a Trabalhista e a da Terceirização. “Essas alterações devem ser revistas, assim como devemos barrar a Reforma da Previdência, que atinge à população e mais ainda às mulheres.”

Compuseram a mesa, pela OAB SP: Luciano Caparroz Pereira dos Santos, presidente da Comissão Contra o Caixa Dois nas Campanhas Eleitorais; e Alexandre Luís Mendonça Rollo, presidente da Comissão de Relações com o Poder Legislativo.

Cidadania e Advocacia
No encerramento de todas as apresentações dos candidatos ao Senado, Marcos da Costa tem enfatizado o histórico papel da Ordem dos Advogados do Brasil em defesa da cidadania e da advocacia. Destaca que o evento promovido pela OAB SP busca valorizar o voto consciente nas próximas eleições e contribuir para a maior exposição dos pleiteantes ao Legislativo, já que diante de votação também para pleito majoritário, como é o caso, a mídia tende a dar maior espaço e visibilidade aos concorrentes para os cargos do Executivo.

Aos que compareceram à entidade para falar de suas plataformas políticas, o dirigente da advocacia paulista pediu apoio para a implementação de propostas voltadas à defesa da advocacia, mas que têm relação direta com a defesa da cidadania. Listou entre os pontos relevantes a presença obrigatória da advocacia em audiências de conciliação e mediação e a manutenção do Exame de Ordem, com o maior controle na abertura de cursos de Direito sem a devida qualidade.

A íntegra das apresentações dos 18 pretendentes que participaram do evento #oabspnaseleições está disponível nas plataformas de Comunicação da entidade em dois links, uma para o dia 10/9 https://www.youtube.com/watch?v=TMfjEOhl_ek e outro para o dia 11/09 https://www.youtube.com/watch?v=_8bgFYBqEVs