Inauguração de escritório compartilhado e homenagens marcam solenidade em Indaiatuba

Tweet


07/02/2020

04.02.2020- Inauguração Escritório Compartilhado

O reconhecimento ao esforço de dirigentes de Ordem permeou cerimônia na Subseção de Indaiatuba, em noite de aplausos para o empenho em prol do coletivo. “Ao doarmos nosso tempo voluntariamente às atividades da OAB São Paulo, temos a obrigação de dar atenção e respaldo para a Advocacia", ponderou Caio Augusto Silva dos Santos. O presidente da Ordem paulista acrescentou ainda que "a finalidade desse esforço é garantir para a classe as ferramentas e a liberdade necessárias para cumprir a missão de servir ao cidadão, que é a maior autoridade do Estado Democrático de Direito".

Três advogados foram homenageados com os atos realizados na Subseção. Sob iniciativa da presidente Viviane Matavelli e sua equipe, o Escritório Compartilhado, inaugurado no evento, recebeu o nome de Luis Carlos Juste, presidente da OAB Indaiatuba na gestão 2004/2006. “A ideia desse formato de escritório surgiu durante campanha para as eleições da Subseção", ponderou. "Verificamos um número consistente de colegas que não têm escritório ou estão longe do centro da cidade, onde pode ser mais eficiente realizar alguns atendimentos”, acrescentou. A biblioteca existente na Subseção, por sua vez, recebeu o nome de Paulo Celso Sanchez, que presidiu a Subseção de 1993 a 1997. Os familiares dos dois homenageados compareceram e agradeceram pela preservação da memória dos que se empenharam em favor da entidade e da classe, traços marcantes da vida de ambos.

Por fim, Alexandre Soares Ferreira, presidente durante o triênio 2016/2018, teve seu retrato entronizado na Galeria de ex-presidentes, na entrada da Casa da Advocacia e Cidadania. “Entre as passagens da minha carreira, uma das que mais me traz orgulho é o privilégio de ter sido presidente da Subseção”, confessou.

O vice-presidente Secional, Ricardo Toledo, falaram da importância da presença da mulher advogada na direção das Subseções (como no caso de Indaiatuba), nas diretorias da OAB São Paulo e da Caixa e no Conselho Secional. “Quando vejo mulheres com essa dimensão de preparo e dedicação para a advocacia desejo que assim seja sempre; precisamos influenciar a jovem advocacia nesse sentido para que mais e mais mulheres participem das nossas atividades”, propôs Ricardo Toledo. A diretoria da OAB Indaiatuba conta com três mulheres: a presidente Viviane Matavelli, a secretária-geral Daniela Monteiro Constantino Aun e a diretora-tesoureira Svetlana Vladimirovna Biletsky.

O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo (CAASP), Luís Ricardo Vasques Davanzo, aproveitou a ocasião para celebrar os 84 anos de fundação da entidade, reforçando que a classe deve aproveitar o mês de fevereiro para utilizar o CAASP Shop, com frete grátis para itens da livraria e da farmácia, nas compras acima de R$ 100,00. “Devemos comemorar a trajetória da CAASP, que evoluiu por oito décadas para oferecer mais que os auxílios assistenciais. Hoje temos livrarias, farmácias, consultórios odontológicos, campanhas preventivas e oportunidades do Clube de Benefícios: tudo à disposição da Advocacia”, afirmou.

Presenças

Participaram da solenidade os demais diretores da OAB Indaiatuba, Carlos Rogério Berti, vice-presidente; Daniela Monteiro Constantino Aun, secretária-geral; Ricardo Bueno Reis, secretário-geral adjunto; e Svetlana Vladimirovna Biletsky, diretora-tesoureira.

Estiveram presentes também Raquel Tamassia, diretora da CAASP; Rodrigo de Melo Kriguer, conselheiro Secional; Rachel Lavorenti Rocha Pardo, presidente da Subseção de Valinhos; Juliano Hyppólito de Sousa e Fabiani Bertolo Garcia, respectivamente presidente e vice da Subseção de Salto; Ricardo Tadeu Strongoli, presidente da Subseção de Votorantim; Peter Pessuto, presidente do Conselho de Prerrogativas da 5ª Região; Rodrigo Tamassia Ramos, coordenador da Coordenadoria de Prerrogativas da 5ª Região; Ana Paula Arruda, diretora-tesoureira da Subseção de Aguaí; Alexandre Peres e Arthur Spindola, vereadores de Indaiatuba; e Bruno Dias, diretor da Faculdade de Direito Anhanguera.