MINISTRO MARCO AURÉLIO CRITICA ESTADO OMISSO AO RECEBER PRÊMIO DE DIREITOS HUMANOS DA OAB SP
Em seu discurso de agradecimento pelo prêmio de Direitos Humanos Franz de Castro Holzwarth - 2007, o ministro Marco Arélio Mello criticou duramente o Estado brasileiro. " Quando se cuida de acusados por algum delito - por menor que seja, não importa - , ao Estado brasileiro parece justificar-se um tratamento penoso, declinando de atenção mais curada aos direitos humanos, numa lógica das mais perversas, a do ' bem feito' ", afirmou. Além da principal homenagem ao ministro do STF, a OAB SP laureou com Menção Honrosa o desembargador Antonio Carlos Malheiros do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo. A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira (10/12), às 10 horas, no Salão Nobre da Ordem.
ABERTA VAGA NO TJ-SP PELO QUINTO CONSTITUCIONAL
De 26 de dezembro de 2007 a 14 de janeiro de 2008 estarão abertas as inscrições para os advogados interessados em concorrer a uma vaga no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo pelo Quinto Constitucional, classe dos Advogados, segundo Edital publicado pela OAB SP.
D´URSO ENTREGA PEDIDO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO AO CORREGEDOR DA POLÍCIA FEDERAL
O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, esteve nesta segunda-feira (10/12) , às 15h30, na sede da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo, para entregar ao delegado-corregedor da PF, Antonio Pietro, requerimento pedindo a instauração de inquérito policial para apurar vazamento do conteúdo da primeira fase do Exame de Ordem 134. D´Urso também nomeou a vice-presidente da OAB SP Márcia Regina Machado Melaré para presidir a Comissão de Sindicância da Seccional, que irá apurar internamento o episódio.