PARA D'URSO, DADOS REPASSADOS À PETROBRAS NÃO VIOLAM SIGILO
Segundo o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso que hoje tomou posse no Conselho da Ouvidoria das Polícias do Estado de São Paulo, na sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado, a pesquisa de fichas criminais realizada pela Divisão de Captura da Polícia Civil de São Paulo para a Petrobrás não corresponde à violação de sigilo dos candidatos aos concursos daquela estatal.