Conselho Secional presta homenagem a Rubens Approbato

Tweet


15/12/2016

A última reunião do Conselho Secional da OAB SP em 2016 foi marcada pela homenagem ao advogado Rubens Approbato Machado, falecido em 17 de novembro. Querido e reconhecido pela classe, o ex-presidente da Secional paulista e do Conselho Federal da OAB, também foi diretor da Escola Superior de Advocacia (ESA), juiz do Tribunal Regional Eleitoral, presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP), Secretário dos Negócios da Justiça do Estado de São Paulo (1990-1988), presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol e conselheiro vitalício do Corinthians.

Convidada a falar sobre o pai, a conselheira federal da OAB, Márcia Regina Approbato Machado Melaré, destacou em seu discurso sereno que apesar de extenso, o currículo não é o mais importante legado de Approbato mas, sim, a capacidade de ouvir quem o procurava. “O melhor que meu pai fez na vida foi dispor de seu tempo e afeto para ajudar quem buscava suas palavras, sua orientação, atitude, aconselhamento e parceria. Essa marca alterou coisas, vidas e destinos. Eu, minha mãe e meu irmão ouvimos diversas vezes das pessoas enquanto nos despedíamos dele: “seu pai marcou minha vida”, “aquele gesto ou atitude foram determinantes no meu destino”, “seu pai foi referência do meu comportamento”. Esse é o Rubens, esse é meu pai. Pessoa com grandeza de sentimentos pelo próximo, capaz de colocar os interesses dos outros na frente de seus próprios, amante de sua advocacia e de seu escritório. Ele me dizia todos os dias que eu chegava ao quarto de hospital para visita-lo: “amanhã estarei no escritório”. Ele queria trabalhar até o último dia de sua existência, mesmo na sua idade expressava a todos nós a força da vida”, recordou. 

Conselho Secional presta homenagem a Rubens Approbato
Marcos da Costa, presidente da OAB SP, entrega flores à conselheira federal da OAB, Márcia Regina Approbato Machado Melaré, filha do homenageado, Rubens Approbato

Para o conselheiro federal e presidente da OAB SP nas gestões 2004/2006, 2007/2009 e 2010/2012, Luiz Flávio Borges D’Urso, a herança deixada aos colegas por Approbato são os exemplos de liderança e dedicação, que o tornam inesquecível. “Não era suficiente o comum, o normal, o razoável. Era mais. Ele queria e conseguia arrancar de nós o extraordinário, porque ele era extraordinário. Ele era assim na sua vida e quando estávamos ao seu lado ele fazia com que nós também fôssemos extraordinários, porque ele fazia com que sonhássemos o sonho dele. Muitos impõem, muitos dão ordem, o Rubens conquistava, arrastava e assim nós tivemos uma história maravilhosa marchando com o nosso líder maior”, lembrou.

Secretário-geral na gestão de Approbato na OAB SP, Carlos Miguel Aidar, presidente da instituição de 2001 a 2003, lembrou ainda da habilidade do dirigente para conquistar até adversários. “Usando o futebol, o ‘corinthianismo’ dele e o meu ‘são-paulinismo’, nós conseguimos abrir portas e penetrar no mundo dos advogados nas várias Subseções deste estado. Ter Rubens como presidente foi um modelo. Aprendi muito com ele na minha vida”.

Ao encerrar a cerimônia e entregar uma orquídea à família do dirigente, o presidente da OAB SP, Marcos da Costa, disse emocionado que preferia não falar muito para conseguir dar sequência aos trabalhos do Conselho Secional, mas não podia deixar de destacar que o dirigente representa um exemplo de colega, de homem e de pai. “Um ser humano iluminado e querido por todos nós”, finalizou Costa que convidou todo o Conselho Secional a aplaudir em pé o homenageado.