Comissão Especial de Mediação toma posse

Tweet


03/07/2017

Comissão Especial de Mediação toma posse
Marina Gaensly Blattner, presidente da Comissão Especial de Mediação, na cerimônia de posse

O Novo Código de Processo Civil incentiva a utilização de meios alternativos de solução de conflitos. Um desses métodos, a mediação ainda mereceu atenção do legislador recentemente, com a aprovação e sanção da Lei 13.140/2015. Dada a importância do tema, a Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil decidiu reestruturar a Comissão de Mediação e Conciliação, criando um grupo dedicado aos estudos da mediação.

A Comissão Especial de Mediação, presidida pela advogada Marina Gaensly Blattner, teve sua solenidade de posse realizado no Plenário dos Conselheiros (28/06), na sede da OAB SP. “Entre os advogados é uma cultura nova, de diálogo e negociação, uma ferramenta nova. Um dos objetivos na nossa Comissão é ressaltar e difundir a importância da presença do advogado nas mediações”, explicou. “A OAB SP apoia todos os meios alternativos de solução de conflitos, desde que respeitada presença obrigatória do advogado. Não se trata de resistência à mediação, mas preocupação da entidade com a cidadania”, ressaltou Fábio Romeu Canton Filho, vice-presidente da OAB SP, representando a diretoria Ordem paulista.

Comissão Especial de Mediação toma posse
Fábio Romeu Canton Filho, vice-presidente da OAB SP, fala aos presentes durante a cerimônia

A mesa diretora para a solenidade de posse ainda foi composta por Rubens Decoussau Tilkian, vice-presidente da Comissão Especial de Medição; José Carlos Ferreira Alves, desembargador (TJSP); Luiz Viana Queiroz, presidente da OAB Secional Bahia; Arnoldo Wald Filho, conselheiro Federal e presidente da Comissão de Mediação do Conselho Federal; Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho, conselheira Secional; Daldice Santana, desembargadora Federal; e Ricardo Pereira Junior, juiz de direito.