OAB SP se junta aos profissionais do meio cultural na promoção de ato em defesa da Cultura

Tweet


20/06/2018

OAB SP se junta aos profissionais do meio cultural na promoção de ato em defesa da Cultura
Marcos da Costa, presidente da OAB SP, faz a leitura do Manifesto em Defesa da Cultura

A sede institucional da Seção São Paulo Ordem dos Advogados do Brasil foi palco do encontro (18/06) de representantes do ambiente cultural empenhados em reverter o atual quadro de escassez de recursos na área, o qual foi significativamente piorado em consequência da Medida Provisória 841 que reduz o repasse de verbas oriundas das loterias para o Fundo Nacional de Cultura. Recebidos pelo presidente da instituição, Marcos da Costa, e pelo presidente da Comissão de Direito às Artes, Evaristo Martins de Azevedo, os organizadores e ativistas do meio cultural fecharam questão quanto à necessidade de se realizar o mais rápido possível um ato público em defesa da cultura nacional. 

A promoção da área cultural, na visão do dirigente da Secional, é capaz de contribuir para o fortalecimento da cidadania e, por consequência, ampliar os esforços que buscam diminuir a violência crescente no País. A MP 841 reduziu o porcentual de participação do FNC nos recursos arrecadados com as loterias federais, direcionando parte dos valores para o recém-criado Fundo Nacional de Segurança Pública. 

Vários aspectos do atual estado de penúria experimentado pelo segmento foram destacados pelos participantes para justificarem a mobilização. “Somente por meio da educação e da cultura o Brasil terá uma saída”, ponderou o ator Odilon Wagner, vice-presidente da Associação dos Produtores Teatrais Independentes (APTI). “O apoio da OAB SP é muito bem-vindo, precisamos dessa institucionalidade para tentarmos sensibilizar o governo federal”. O diretor-geral do Itaú Cultural, Eduardo Saron, reforçou a importância da Ordem, com seu papel de guardiã da cidadania, auxiliar na formatação de um entendimento comum sobre os recursos destinados à produção cultural: “Os agentes culturais têm poucas oportunidades para construírem uma agenda comum”. 

Esboço do Manifesto
Marcos da Costa acompanhou a conversa, debateu alguns aspectos de condução das reivindicações, e, ao final do encontro, fez a leitura da primeira versão do Manifesto em Defesa da Cultura, a ser assinado por todos os participantes, documento que será aperfeiçoado e terá versão definitiva apresentada no ato ainda sem data marcada para acontecer em algum espaço público da cidade. Entre os trechos, esta fala resume o sentimento dos participantes: “A produção de cultura e arte no Brasil já vinha passando por dificuldades com os frequentes contingenciamentos de verbas. Mesmo sob a justificativa de financiar novas medidas para a segurança pública, é inaceitável que a cultura seja, mais uma vez, sacrificada”. 

Estiveram no encontro: Luciana Guimarães, superintendente-executiva da Fundação Bienal de São Paulo; Pieter Tjabbes, presidente da Associação dos Produtores de Artes Visuais; Sérgio Myasaki, Itaú Cultural; Roberto Souza Leão, diretor de Administração e Finanças do Instituto Tomie Ohtake; Thiago Vasconcelos, vice-presidente da Cooperativa Paulista de Teatro; Ygor Fiore, diretor da Cooperativa Paulista de Teatro; Ana Helena Curti, presidente da Associação Brasileira de Produtoras Independentes das Artes Visuais; Gabriel Paiva, presidente da Associação dos Produtores Teatrais Independentes; Dorberto Carvalho, presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversão de São Paulo; José Magalhaes Teixeira Filho, da Comissão de Mídia e Entretenimento do IASP; Lucas Pessoa, diretor de operações do MASP; Katia Catalano, do Escritório Cesnik, Quintino & Salinas; Maria Ignez Mantovani, presidente do Presidente do conselho de administração do ICOM (International Council of Museums) Brasil e o maestro Amilson Godoy e Juliana Gola, do Fórum Brasileiro pelos Direitos Culturais, dentre outras diversas personalidades do setor da produção artística e cultural. 

Entre os membros da Comissão de Direito às Artes da OAB SP além do presidente Evaristo Martins de Azevedo e do vice-presidente Pedro Mastrobuono, participaram do encontro, também, Anna Paula Montini, Cristiane Olivieri, Renata Armonia e Dinovan Dumas de Oliveira.

Veja mais na Galeria de Fotos