Conselho delibera pela abertura de mais uma ação civil pública de combate ao exercício ilegal da profissão

Tweet


18/09/2018

O Conselho Secional aprovou (17/09) mais uma proposta para ajuizar ação civil pública que visa interromper serviços jurídicos ofertados de modo irregular. A sugestão foi elaborada e apresentada durante a reunião, nessa ordem, pelos conselheiros Fábio Correa Meyer e Antonio Carlos Roselli. 

A Secional trabalha em mais de duas dezenas de ações com esse perfil, já distribuídas ou em fase administrativa. A atuação nessa frente conta com o trabalho da Comissão de Combate ao Exercício Ilegal da Profissão, presidida por Meyer, que recebe denúncias da capital e dos municípios paulistas. 

O presidente da OAB SP, Marcos da Costa, tem dito frequentemente que a instituição seguirá vigilante e intransigente nesse campo, visto que são graves os prejuízos para a classe e, especialmente, para a cidadania e Justiça.