Moira Lazaro, candidata ao Senado, expõe plataforma política na Secional

Tweet


11/09/2018

Moira Lazaro, candidata ao Senado, expõe plataforma política na Secional

Candidata pelo Estado de São Paulo ao Senado Federal, Moira Lazaro (Rede), apresentou a sua plataforma política durante rodada organizada pela OAB SP, na sede institucional (10/09). Em sua exposição, Moira perpassou sua trajetória e experiências. De Catanduva (SP), professora do ensino fundamental, atuou no movimento estudantil e atualmente compõe a executiva estadual do seu partido, o Rede Sustentabilidade.

“Fundei o Elo Mulheres Estadual e Nacional e temos essa luta e compromisso com o empoderamento da mulher na política. Não podemos permitir só o cumprimento de cotas e precisamos potencializar as mulheres para que ocupem seus espaços de forma qualitativa e confiante. A candidatura chegou com intuito de trazer uma nova perspectiva de política, por isso é um mandato coletivo. É a primeira candidatura coletiva à majoritária que temos na história do Brasil. A primeira suplente é a Nilza Camilo, que vem do movimento social Frente Favela Brasil, e a segunda suplente é a Bruna Maria, que representa o litoral paulista”, explicou a candidata, relatando que a ideia de mandato coletivo inclui a participação da sociedade civil através de debates e consultas a grupos ou movimentos específicos.

Presidente da Seção paulista da Ordem, Marcos da Costa recebeu a candidata e pontuou a importância da advocacia na instrumentalização do principal direito do cidadão, o de defesa. “É uma luta dessa casa garantir que a advocacia esteja presente assessorando o cidadão, inclusive nas conciliações, nos Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSCs), que ocorrem sem a assessoria técnica e resultam em situações em que mulheres acabam abrindo mão da guarda dos filhos ou de suas pensões por absoluta falta de conhecimento. Essa presença dos advogados é essencial para a cidadania e a democracia”, observou.

Participaram da sabatina a secretária-geral adjunta da Secional paulista, Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos; o presidente da Comissão de Estudos do Combate à Corrupção e Improbidade Administrativa, Márcio Cammarosano, e o presidente da Comissão Contra Caixa Dois nas Campanhas Eleitorais, Luciano Caparroz Pereira dos Santos. 

Cidadania e Advocacia
No encerramento de todas as apresentações dos candidatos ao Senado, Marcos da Costa tem enfatizado o histórico papel da Ordem dos Advogados do Brasil em defesa da cidadania e da advocacia. Destaca que o evento promovido pela OAB SP busca valorizar o voto consciente nas próximas eleições e contribuir para a maior exposição dos pleiteantes ao Legislativo, já que diante de votação também para pleito majoritário, como é o caso, a mídia tende a dar maior espaço e visibilidade aos concorrentes para os cargos do Executivo.

Aos que compareceram à entidade para falar de suas plataformas políticas, o dirigente da advocacia paulista pediu apoio para a implementação de propostas voltadas à defesa da advocacia, mas que têm relação direta com a defesa da cidadania. Listou entre os pontos relevantes a presença obrigatória da advocacia em audiências de conciliação e mediação e a manutenção do Exame de Ordem, com o maior controle na abertura de cursos de Direito sem a devida qualidade.

A íntegra das apresentações dos 18 pretendentes que participaram do evento #oabspnaseleições está disponível nas plataformas de Comunicação da entidade em dois links, uma para o dia 10/9  https://www.youtube.com/watch?v=TMfjEOhl_ek e outro para o dia 11/09  https://www.youtube.com/watch?v=_8bgFYBqEVs