Marcelo Barbieri mira municipalismo em exposição de candidatos ao Senado na OAB SP

Tweet


11/09/2018

Marcelo Barbieri mira municipalismo em exposição de candidatos ao Senado na OAB SP

Candidato pelo MDB ao Senado Federal por São Paulo, Marcelo Barbieri explanou sua plataforma política durante a rodada de apresentações (10/09) organizada pela Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, na sede institucional. Com um olhar voltado ao municipalismo, o candidato pretende utilizar sua experiência enquanto prefeito de Araraquara (SP) para uma atuação que tenha como foco o município. 

Com 14 anos de experiência na Câmara Federal aliada à gestão municipal, Barbieri destaca a realidade dramática do municipalismo. “É injusta a forma como está repartido o recurso da saúde no bolo orçamentário, em que o município é responsável por 30% do atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) e fica com 15% do orçamento. As vagas de creche também são responsabilidade do município e para o repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) é descontado 25% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Tem município que não consegue esse recurso de volta do que foi descontado do FPM, porque é pequeno e tem um número per capita pequeno de alunos, mas tem a obrigação de manter. De 645 municípios em São Paulo, cerca de 400 têm população abaixo de 15 mil habitantes”, apontou o candidato, que aposta na mudança de qualidade na questão destes repasses aos municípios. Barbieri também ressalta a responsabilidade da prefeitura ao realizar o acolhimento das mulheres vítimas de violência doméstica. 

Ao final, o candidato assinou o Termo de Compromisso de Candidato, que lista dez princípios éticos, uma contribuição da Ordem paulista para a realização de eleições limpas. 

Participaram da exposição, a secretária-geral adjunta da OAB SP, Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos; o presidente da Comissão Contra Caixa Dois nas Campanhas Eleitorais, Luciano Caparroz Pereira dos Santos, e a presidente da Comissão de Política Criminal e Penitenciária, Adriana de Melo Nunes.  

Cidadania e Advocacia
No encerramento de todas as apresentações dos candidatos ao Senado, Marcos da Costa tem enfatizado o histórico papel da Ordem dos Advogados do Brasil em defesa da cidadania e da advocacia. Destaca que o evento promovido pela OAB SP busca valorizar o voto consciente nas próximas eleições e contribuir para a maior exposição dos pleiteantes ao Legislativo, já que diante de votação também para pleito majoritário, como é o caso, a mídia tende a dar maior espaço e visibilidade aos concorrentes para os cargos do Executivo. 

Aos que compareceram à entidade para falar de suas plataformas políticas, o dirigente da advocacia paulista pediu apoio para a implementação de propostas voltadas à defesa da advocacia, mas que têm relação direta com a defesa da cidadania. Listou entre os pontos relevantes a presença obrigatória da advocacia em audiências de conciliação e mediação e a manutenção do Exame de Ordem, com o maior controle na abertura de cursos de Direito sem a devida qualidade. 

A íntegra das apresentações dos 18 pretendentes que participaram do evento #oabspnaseleições está disponível nas plataformas de Comunicação da entidade em dois links, uma para o dia 10/9 https://www.youtube.com/watch?v=TMfjEOhl_ek  e outro para o dia 11/09 https://www.youtube.com/watch?v=_8bgFYBqEVs