“Uma mulher jamais deve fugir do desafio”, diz 1ª advogada na presidência de Itapetininga

Tweet


05/04/2019

“Uma mulher jamais deve fugir do desafio”, diz 1ª advogada na presidência de Itapetininga

O empoderamento feminino na gestão 2019/2021 da OAB São Paulo mais uma vez foi comprovado durante a cerimônia de posse da diretoria da Subseção de Itapetininga (03/04). Primeira mulher eleita presidente da OAB local, em seus 49 anos de história, Ana Lúcia Batista Lobo Benedetti fez um relato de sua caminhada e destacou desafios para conduzir os trabalhos da advocacia nos próximos três anos. “Assumimos o dever de defender o cidadão, as advogadas e os advogados aqui inscritos. Estou motivada para cumprir esse compromisso, ciente de que uma mulher jamais deve fugir de seus desafios”, disse, enquanto se dirigia à plateia, que lotou a Câmara Municipal da cidade, e à sua diretoria, composta por José Elias Prado Júnior, vice-presidente; João Manoel de Siqueira Machado, secretário-geral; Eduardo Branco Ribeiro, secretário-geral adjunto; e Jayme Ferreira, diretor-tesoureiro.

Em seu discurso, Caio Augusto Silva dos Santos, presidente da Secional paulista da Ordem, não apenas ratificou a força da mulher como falou da atuação da diretoria nesse primeiro quadrimestre do ano. “No quadro que vivemos, não somente na instituição da Ordem, as mulheres representam verdadeira abnegação, coragem, bem como o estabelecimento de conquistas”, ponderou. Ao complementar, o advogado acentuou que, nos primeiros dias, a diretoria cumpriu uma das missões de gestão que é de trabalhar com transparência. “O Portal da Transparência é realidade desde o primeiro mês de gestão, onde estão descritos nossos recursos e expostos em que eles são empregados, demonstrando nossas ações pensadas para a classe”, expôs.

Na solenidade o conselheiro federal e presidente Nacional da Comissão de Prerrogativas da OAB, Alexandre Ogusuku, pautou sua fala em três eixos: prerrogativas, mulher e segurança jurídica. Lamentou, principalmente, o fato de o Brasil ainda ter tantas vítimas de feminicídio, como a advogada de Santa Catarina, morta em 02/04. “Hoje é um marco, pois podemos comemorar o fato de dar posse à primeira mulher presidente da OAB de Itapetininga, mas é um dia triste pela morte dessa advogada na cidade de Balneário Camboriú”, afirmou.

Presenças
Pela CAASP, discursou a diretora Andrea Gomes. Estiveram presentes o presidente cessante da OAB Itapetininga, Regger Eduardo Barros Alves; os conselheiros Luiz Gonzaga Lisboa Rolim, César Piagentini Cruz, Orlando César Muzel Martho, Rodrigo de Melo Kriguer, Antônio Carlos Delgado Lopes, Augusto Gonçalves e Maitê Cazeto Lopes. Entre as autoridades, o presidente da Câmara de Itapetininga, Itamar Martins; o diretor do Fórum, André Luiz Bastos; e demais representantes do Executivo, Legislativo, Judiciário e religiosos.