Exame de Ordem e diversidade são temas em visita da Law Society UK

Tweet


01/04/2019

Exame de Ordem e diversidade são temas em visita da Law Society UK

A Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil recebeu (25/03) a presidente da Law Society of England and Wales,Christina Blacklaws. Na visita institucional, o vice-presidente Ricardo Toledo Santos Filho representou a diretoria da OAB SP e trocou experiências sobre a atuação institucional das duas entidades em favor das respectivas classes e sociedades.

A advogada britânica convidou a diretoria da OAB SP e a advocacia paulista para o Simpósio The power of gender equality to transform the business of law, agendado para mês de junho, em Londres. Nessa pauta, ela destacou que a participação das mulheres advogadas em posições relevantes nas bancas britânicas precisa avançar para um segundo nível, no qual possam ser sócias do capital, não apenas ter parcela de participação nos lucros.

Quando trataram de seleção e inscrição de novos profissionais, os membros das duas entidades coirmãs constataram movimentos opostos nos dois países. Enquanto, no Brasil, há reiteradas ameaças de extinção do Exame de Ordem, na Inglaterra há estudos para incluir uma prova prático-profissional no atual processo de formação de advogadas e advogados. Hoje, após a formação acadêmica, são necessários dois anos de atuação supervisionada sob o regime do training contract. Ocorre que muitos talentos não conseguem despertar o interesse das bancas e a aprovação em exame pode oferecer uma alternativa.

Participaram do encontro, pela OAB SP, os conselheiros Secionais Fernando Fabiani Capano e Marcelo Kajiura Pereira, além do advogado Daniel Villas Boas. Acompanhando a Dra. Blacklaws, compareceram a advogada Vitória Nabas, do escritório Nabas International Lawyers (Londres), e Ben Stevenson, assessor internacional de políticas públicas para as Américas.

Fundada em 1825, a Law Society of England and Wales é a associação profissional que regula o exercício profissional da advocacia na jurisdição da Inglaterra e do País de Gales, sendo responsável pelos profissionais que atuam como solicitors(atendimento ao público). Os barristers, compõem outra categoria de advogados, sendo habilitados para atuar nos tribunais superiores e representados pelo Bar Council.