Nota de pesar por Eduardo Seabra Fagundes

Tweet


26/11/2019

A Ordem dos Advogados do Brasil  manifesta profundo pesar pelo falecimento do ex-presidente e membro honorário vitalício da OAB Eduardo Seabra Fagundes.

Seabra Fagundes presidiu o Conselho Federal da OAB de 1979 a 1981, um dos períodos mais nefastos para a advocacia brasileira. Em 27 de agosto de 1980, foi-lhe dirigida uma carta-bomba para a sede da OAB no Rio de Janeiro. O grave atentado ceifou a vida de sua secretária, Lyda Monteiro da Silva.

Advogado militante, tornou-se uma pedra angular na luta pela redemocratização do País. Foi incansável em defesa das liberdades democráticas. Premiado em diversas ocasiões, é uma referência nacional como defensor dos direitos humanos.

O escritor João Guimarães Rosa afirmou que ‘as pessoas não morrem, ficam encantadas’. A memória de Fagundes permanecerá viva e seu legado continuará encantando a jovem advocacia brasileira em busca da Justiça.

A Ordem, nesse momento de consternação, oferece suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos.

Conselho Federal da OAB
OAB São Paulo